IronMan Florianópolis 2014: A Natação

Já se passou uma semana da prova! O tempo realmente passa rápido, agora é o momento de flashbacks e pensar agora para frente, mas como nem passei aqui para compartilhar como foi, é tempo de refletir a prova que fiz, lógico! Se passei semana a semana compartilhando a preparação para a prova, tinha que falar como foi a prova. A essa hora na semana passada já estava no hotel curtindo as dores do dia, foi um dia realmente longo, mas inesquecível!

O dia começou às 03:50, graças a Deus despertado por meu celular, eu tinha quase por certo que essa noite seria em claro por causa da ansiedade, na verdade a noite anterior (de sexta para sábado) foi muito pior de sono, isso por que tinha em mente que essa era a noite que tinha que dormir bem, e dormi muito mal, chegou à noite, comi uma pizza com minha família e nosso amigo Adelino que foi até Florianópolis acompanhar a prova, chegamos ao hotel, preparamos as coisas para levantar rapidamente de madrugada e tentamos assistir mais um capítulo de House of Cards antes de dormir, como o Wi-Fi estava bem instável, assistimos metade do capítulo, daí, fomos dormir.

Despertados, descemos ao restaurante para o café da manhã, o hotel abriu o café às 4 da manhã, busquei tomar um bom café, bolo, evitei queijo e presunto e comi mais torradas com geleia, o Adelino passou às 04:50 e de lá seguimos para a Cidade IronMan, coloquei as músicas que queria, especialmente “Hero” do David Bowie. Era divertido ver no caminho alguns apartamentos acesos possivelmente para a prova (eram 5 da manhã).

Chegando a cidade, chequei os pnImagemeus e fui à tenda me trocar, já estava cheia de gente e a excitação estava grande, troquei algumas palavras com um cara que fazia o seu primeiro IronMan e também treinava em Cumbica, e um senhor que já havia passado de 10 IronMans (!!). Saímos para a praia, havia um bom caminho até a largada, encontrei Heloiza e as crianças na saída da tenda e caminhamos pela praia escura, pensei até que seria cedo, mas a medida que avançávamos, encontrávamos mais gente que entrava pelas outras ruas, o dia era nublado, por isso não tivemos um nascer do sol, mas o céu claro deixava o início de dia muito bonito!

Orei com minha família e fui experimentar a água, daí não consegui encontrá-los mais e daí fui para o “curral” de largada, já era 6:40 e a prova iria começar! Fiquei o mais à direita que pude e do meio para trás, desejei boa prova aos que estavam ao meu redor até que soou a buzina! começou! Dei o meu “VAI CORINTHIANS!” e mergulhei, no Long Triathlon que fiz em Novembro estava muito mais nervoso, graças a Deus estava focado em terminar essa parte, o treino de quinta em que havia feito a primeira perna inteira, e o treino de sábado em que nadei uns 10 minutos e voltei ajudaram demais, segui buscando encontrar um buraco no meio de tanta gente que nadava ao meu redor, a roupa foi ajustada perfeitamente, não senti apertado em momento nenhum nas braçadas que fazia, cheguei ao primeiro totem em 18 minutos (fui ver somente depois, só me dei ao trabalho de apertar o botão no relógio), a descrição do momento de natação não tem muito o que falar, só que levei alguns tapas na cabeça e um chute sem força, minha navegação tem sido muito boa, mesmo nadando umas 5 ou 6 vezes antes de olhar para frente, eu busco me orientar pelas pessoas ao meu lado, tem funcionado. Cheguei a praia conforme havia previsto, meu relógio dava pouco mais de 45 minutos, puxei meu gel de chocolate e peguei um copo de água, tentei ver se achava minha torcida, mas não encontrei, de qualquer forma combinei com eles que se eles não me encontrassem em 50 minutos, que fossem na saída da natação, pois já havia passado. Comecei a correr e voltei ao mar para segunda perna.0712_026680

O Adelino tinha me falado que essa era uma parte muito tranquila, o sol já batia e o reflexo chegava a atrapalhar um pouco, só pensei que o totem estava demorando bastante para ser algo tão tranquilo, na verdade, demorei um pouquinho mais que a chegada ao totem da primeira perna, dei a volta, voltei e no final até cheguei a acelerar só para brincar um pouco, era a a natação do IronMan chegando ao fim. Nas discussões dos fóruns, descobri que a maioria marcou o trajeto entre 4 e 4.2Kms, fiz os 1:24hs que havia previsto, mesmo assim, nadei muito melhor que pensava.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

IMAGES AND WORDS

A little bit of everything

Action Phase

Reviews e notícias sobre jogos de tabuleiro! Novatos, veteranos, curiosos e entusiastas: sejam bem vindos!

O Velhinho do RPG

Um blog dedicado a RPG, Board Games, Quadrinhos e nerdices em geral.

Coffee with the King

Daily bible study notes by Tim MacBride

nós ponto três

design.gastronomia.triathlon

Fernando Asdourian

Bem vindos, aqui alguns causos e umas aventuras esportivas por ai.

NOSSO DIÁRIO DE TREINO

Informações sobre treinos e corridas de rua

Godspace

spirituality, sustainability, hospitality and community

Hearts and Minds

O que não muda é que tudo muda.

Memoriola

Just another WordPress.com weblog

Poesia no Caos

O desconhecido ainda está por vir...

Carlos Toledo em Ação

vivendo o dia a dia

life: caffeinated

sharing life & coffee together

%d blogueiros gostam disto: